Dragão

“São esculturas da profundidade, obras primas e secretas da natureza” Pablo Neruda – “Confesso que vivi – Memórias” Difel – difusão editorial 1974

O Espelho Mágico da Rainha Má

O Espelho Mágico da Rainha Má – pequena escultura sobre um pedaço de velho dormente  – (tempo) – que está vivo e presente. A antiga fechadura de bronze, para onde abre este portal? Para o realismo fantástico, liberando quem o vê, ao mistério eterno da vida.

Capitu

Uma prosaica jarra de louça branca, com uma forma parecida com um “jogo de cintura”, trouxe “minha” Capitu.

O Anjo

O título original era “O Anjo que apareceu numa sacola de feira”. Mas era longo para um título, mas não longo para o que vou contar: eu estava com meu marido no supermercado; compra isso mais aquilo, isso não precisa, vamos devagar,

OBÁ – YIABÁ

Os Yiabás são quase todos Orixás das águas e em geral gozam de grande popularidade entre as gentes do Candomblé. Na minha visão onírica, Obá é cheia de cores e penas que esvoaçam ao seu redor.